domingo

fora do comum ;

Eles tinham uma historia fora do comum, era como o café e o leite juntos uma mistura perfeita , sabiam até onde podiam caminhar lado a lado sem ninguém os derrubar , eram imunes a todas as guerras mas entravam em qualquer batalha juntos . Separa-los era como caminhar sobre uma estrada longa com picos colocados em cada milímetro de alcatrão . O último passeio que nem um nem outro julgavam que iria ser o final , foi cheio de amor , de romance , de paixão , foi durador apesar de ser em apenas duas horas , mas era deles não de mais nenhum ser alucinante do mundo . A chuva estava a cair de forma inconstante , o vento soprava com grande intensidade e nada do que eles planearam para uma tarde de verão quente estava a acontecer , mas isso era irrelevante para este casal apaixonado e forte , o importante era como estavam , era o abraço profundo que ele lhe dava , os beijos intensos , era só o simples facto de ambos estarem lá unidos , com toda a garra para correr pelo mundo , para se amarem para sempre . E de tudo perfeito passou para uma grande tempestade profunda , onde nem eles sabiam do que falavam onde apenas gritavam , choravam até que .
 “-Odeio-te , vai-te embora estou farto de ti !” disse ele lavado em lágrimas mas com o rosto de fúria que ela nunca antes tinha visto.
 “- Até amanha “. Estas foram as ultimas palavras designadas a ele , e sem mais foi e não olhou uma única vez para trás , o caminho já estava feito as palavras ditas não havia mais nada para arre mediar , nada para curar . Passaram dias , ele ligava tentava encontra-la no mundo mas o rasto dela tinha desaparecido por completo , nem um bilhete ela deixou , nem uma marca no sitio onde era o sitio dela , dele (deles) . Mais nada lhe passava por a cabeça a não ser o desespero , a ansiedade , e o enorme peso na consciência pelas ultimas palavras que lhe tinha dito , nem ele mesmo se lembrava quando fora a ultima vez que arredou pé de algum sitio para lhe demonstrar o quanto a amava e agora encontrava-se nas ruelas da amargura , da tristeza . Eram 8:00 a bater no relógio da igreja ele caminhava em direcção ao seu destino repetitivo , onde o seu coração para , onde sente que algo iria mudar para sempre , ela deu sinais de vida estava longe bastante longe onde pela ultima vez lhe disse : “Estou longe , mas tão longe que não me vens buscar , mas estou perto de ti julgo que até demais , mas hoje quero seguir o meu coração ficou ai e não quero voltar para ir resgata-lo trato bem por tudo que fui para ti cuida dele como um dia não cuidas-te bem o suficiente de mim e desculpa mas não posso , o meu destino era como tu vias agora eu ganhei força nos meu braços finos e curtos e mudei o que achei justo que tinha de mudar , não quero que leias isto como uma despedida mas como um até um dia .” Ele ofuscou-se perante o que lerá a segundos atrás e pensou que era o seu fim , ou talvez o seu inicio não posso afirmar com todas as certezas apenas ele o soube naquele instante . Hoje ela ainda está longe , nunca mais deu noticias o mundo dela ainda está por se descobrir , mas ela apenas disse “até amanha “ e nunca mais voltou .



ela sempre esperou que ele fosse só que ele não perecebeu a pequena mensagem que ela lhe transmitiu .

7 comentários:

  1. está mesmo mesmo mesmo bonito Carina.

    ResponderEliminar
  2. estás cada vez a melhorar,cada vez mais:)

    ResponderEliminar
  3. os teus textos são mágicos carina *.*

    ResponderEliminar
  4. perfeito :')
    obrigada pela força , obrigada mesmo. interiorizei o que disseste :'
    escreves mesmoooo bem *.*

    ResponderEliminar
  5. :' só me faltou chorar carina , fiquei admirada com as tuas palavras mesmooo *.* sempre soube que não eras só aquela carina querida , linda e simplesmente encantadora que mostras ser por fora :') tinhas e tens muito para mostrar a este mundo ruim que nos trama á primeira oportunidade :s mas a partir de agora não lhe vou deitar mais nenhuma lágrima e espero que faças o mesmo que eu porque também adoro como és , linda e lutadora minha fofa (:
    quero-te sempre bem e obrigada pelos elogios :$
    muitos beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. que fofa :$
    obrigada mesmo , mesmo não me conhecendo eu agradeço o teu apoio e ajuda quanto a estas difíceis situações que a vida faz cruzar nos nossos caminhos :s eu tambem sou seguidora do teu blog , como é obviooo ! adoro os teus textos e o sentimento extraodinário que depositas neles :)
    parabéns e um grande beijinho *.*

    ResponderEliminar