quinta-feira

viagem .

Hoje corrói o mundo , levanta-te grita comigo depois fugimos deixo-te levar a mochila que tu bem escolheres , os pormenores mais nítidos até , queres ir a correr isso para mim é o menos vamos então . Fomos mesmo com os devaneios da vida apenas sabíamos que não tínhamos destino apenas rumos . Então não tiras nada da mochila o caminho todo, não dizes uma única palavra estranho essa tua cara de receio , e interiorizo o que será que se esta a passar contigo o medo atinge o meu ponto alto . Mas continuamos a viagem, seguimos no paralelo junto ao bosque para lá da nossa linha do horizonte , sinto ansiedade de tocar na tua mão chego pouco a pouco perto de ti com medo da tua rejeição e olho-te nos olhos , dá-me uma grande vontade de dizer-te tudo que penso e sinto , mas sinto que estou a interromper a tua meditação , sei que estou a margem da tua viagem . Os meus pés já doem de tanto caminhar , mas sempre que tento terminar a viagem que julgava que era nossa olho-te mais uma vez e sei que não vou desistir por ti . Sento-me por descanso numa pequena pedra , as estrelas estão lindas coração procuro-te na imensidão do céu mas tu não estas despeço-me do mundo para mais uma viagem nocturna , admiro-te até adormeceres sem reparares , acordo a olhar-te o mundo em que vivo já se está a tornar dependente do teu . Depois de uma noite difícil , de tanto tentar encorajar-me para te falar , caminho mais grandes kilometros de terra batida onde tudo a minha volta é nada , onde a imensidão é imensa onde o céu termina e o mar nunca passou . Busco-me a mim própria por todo este cenário fora do comum , e encontro a coragem que já desejava desde que começamos esta viagem longínqua lado a lado . E sem poder esperar mais.
 “-Espera ! estou farta , farta de fingir que não se passa nada que tu és comum entra tantas outras pessoas no mundo , eu (…) “
de instantes calas-me sem mais demoras , o silencio corroi tudo ,e apenas respondes
 “ eu sei , eu também agora vamos “ .
Deixo que sigas caminho em frente , refugio-me mesmo atrás de ti tu não me vês mas eu vejo-te sigo cada passo cada gesto teu ao pormenor . Senti-me inútil perante tudo , senti-me arruinada com aquelas poucas palavras , não chegavam .
 “ -Chega de frases por terminar , chega de tudo , não percebes nada do que sinto por ti ! “
“-tu pensas dessa forma , mas não é a realidade sei o que sentes por mim , sei que o teu respirar se torna mais intenso quando estou por perto , sei que julgas que vais perder o coração so de me ver de tanto que ele bate parece que quer fugir , e apenas me queres a mim do teu lado , eu sei ! “
“-é mesmo isso que sinto quando estas aqui , como sabes ? “
“-Pois é isso que sinto quando te tenho perto de mim . “
Sem mais nenhum passo incerto , toco na tua mão chego perto do teu ouvido “amo-te” , as tuas mãos suaves tocam o meu rosto , o teu calor corporal aproxima-se do meu e tocas em meus lábios com os teus doces mas profundos . Sigo o nosso caminho , mas desta vez não largo a tua mão um unico instante . até que a loucura se apodera de mim , chego bem perto de ti chorando sai apenas o que me vai na minha pequena alma .
“Hoje tenho sede de vida , sede do mundo , sede de cor , tenho uma sede imensa de ti , ficas comigo para sempre ? “ .

4 comentários:

  1. absolutamente lindo, a historia perfeita

    ResponderEliminar
  2. oh sai do coração :,)
    muito obrigada +.+

    ResponderEliminar
  3. Melhor texto de sempre carininha .

    Podes contar sempre comigo (':

    ResponderEliminar